Logo do Centro Cultural Bom Jardim

Educação Dialógica

Acreditamos em elementos fundamentais erguidos por Paulo Freire como fatores indispensáveis para qualquer processo pedagógico. Dentre muitos destes conceitos é importante destacar três: a impossibilidade de uma educação que não seja precedida por uma construção de vínculos; a necessidade de todo processo entre educador e educando ousar a horizontalidade; a o respeito irrestrito que as educadoras    devem possuir pela história e subjetividade de cada um dos educandos. Estes três fatores, encontrados fartamente nos livros “Pedagogia da Autonomia” (1996) e “Educação como prática de liberdade” (1967), dentre outros, nos impele a utilizar metodologias pedagógicas que possibilitem, utilizando conceitos criado por Pereira (2002) em sua análise sobre o Projeto Axé: a “paquera pedagógica” – fase na qual ocorre a observação do território e dos elementos que permeiam a vida do educando; o “namoro pedagógico” – etapa onde o vínculo é construído, quando já há confiança e o diálogo permite ao educador construir análises com o educando; o “aconchego pedagógico” – quando educador e educando elaboram novos projetos de vida, para a construção de um cidadão crítico;